Blog

L'Expert / Blog / Reciclável, compostável ou biodegradável: você sabe a diferença?

Reciclável, compostável ou biodegradável: você sabe a diferença?

bLOG

Reciclável, compostável ou biodegradável: você sabe a diferença?

Os tempos têm mudado cada vez mais. Nesse último ano, então, nem se fala. Muitas mudanças provém de algo negativo, assim como foi em 2020, mas podem sim tornar-se positivas. A crescente preocupação com a saúde, com o uso de produtos naturais e que não façam mal para a natureza é um exemplo disso. É uma necessidade que, infelizmente, ficou mais forte com a clara destruição de nossas florestas, extinção de muitos animais, poluição do ar e da água, entre outras causas. Mas, antes tarde do que mais tarde, uma grande parte de nós seres humanos tem se importado em desacelerar essa degradação do planeta que, afinal, é a nossa casa.

Dentro dessa ideia, muitas marcas - de diversos segmentos - começaram a fabricar produtos que causem uma menor agressão ao meio ambiente. Marcas menores já buscam fazer isso, mas são as grandes empresas que precisam atentar-se aos danos que causam e tomar uma atitude com relação a esse problema. Felizmente, temos visto um movimento de muitas dessas marcas, nem que seja numa parcela de seus produtos, trazendo embalagens recicláveis, compostáveis ou biodegradáveis. Mas, será que você sabe o que significa cada um desses termos? Pode ficar tranquilo, a gente explica.

Reciclagem

Um produto reciclado é aquele que, uma vez usado, não vai direto para o lixo. Ele é transformado em outro produto, sendo reutilizado e gerando menos resíduos no planeta. Já parou pra pensar que “jogar fora” não existe? Afinal, o que é o “fora”? Tudo que está no nosso planeta faz parte dele, inclusive o lixo que é “jogado fora”. Por isso a reciclagem é tão importante! O produto, após ter servido seu propósito, não vai para um lixo ou aterro, mas ganha um novo propósito ao ser transformado em outra coisa.

Biodegradabilidade

Agora, produtos biodegradáveis são um pouco diferentes. Eles são fabricados com materiais que podem ser degradados por microrganismos que vão transformá-los em substâncias mais simples. Eles podem ser de biodegradabilidade rápida, se decompondo em algumas semanas, ou lenta, podendo demorar décadas. Entretanto, um material ser apenas biodegradável não diz muito sobre ele ser benéfico ou não para a natureza. Por exemplo: alimentos tem uma biodegradabilidade rápida, mas plásticos podem durar várias décadas e fazem muito mal ao meio ambiente..

Compostagem

Por fim, os produtos compostáveis. São aqueles materiais e substâncias cuja biodegradabilidade é de 1 a 6 meses, ou seja: um produto compostável é um produto biodegradável com uma decomposição muito rápida, como os alimentos, que citamos acima. Além disso, a compostagem é muito benéfica, já que, ao final do processo, os resíduos produzidos podem ser usados como adubo.

 

Agora que você já sabe o que significa cada um desses termos, que tal ficar ligado para investir em produtos que sejam benéficos para a natureza? Com certeza ele vai ser melhor para a sua saúde também.

Veja também: